FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

NASCIDO PARA MATAR

Ao longo da História do Cinema, muitos filmes de guerra foram produzidos. Muitos deles como peças de propaganda. Um bom tanto tiveram como foco os combates e alguns poucos, bem poucos, se tornaram grandes obras cinematográficas. Nascido Para Matar, dirigido por Stanley Kubrick, em 1987, faz parte desse último e seleto grupo. O roteiro se baseia no livro The Short Timers, escrito por Gustav Hasford, que também participou da adaptação para cinema junto com o próprio Kubrick e Michael Herr. Dividido em três arcos bem distintos, o filme conta a história de um grupo de recrutas que, primeiro, é submetido a um intenso e cruel treinamento para que se tornem soldados prontos para matar. Depois, um período de pausa, já no Vietnã, onde nada parece acontecer. Por fim, a guerra propriamente dita. Kubrick sempre demonstrou em seus filmes uma descrença completa no ser humano. Nascido Para Matar pontua muito bem essa visão de mundo do cineasta. Por incrível que pareça, o filme foi inteiro rodado nos arredores de Londres. Com um elenco repleto de rostos novos e pouco conhecidos, o diretor conseguiu imprimir um caráter inusitado ao filme. Principalmente, com o desempenho dos novatos Vincent D’Onofrio, que vive o recruta Gomer Pyle, e R. Lee Ermey, um oficial que havia sido contratado como consultor militar e terminou assumindo, como poucos atores profissionais conseguiriam, o papel do Sargento Hartman.
NASCIDO PARA MATAR (Full Metal Jacket – Inglaterra/EUA 1987). Direção: Stanley Kubrick. Elenco: Matthew Modine, Adam Baldwin, Vincent D’Onofrio, R. Lee Ermey, Dorian Harewood, Arliss Howard, Kevyn Major Howard e Ed O’Ross. Duração: 116 minutos. Distribuição: Warner.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

6 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES