FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

GLÓRIA FEITA DE SANGUE

Terceiro longa-metragem dirigido por Stanley Kubrick, Glória Feita de Sangue é considerado pelos estudiosos do cineasta, seu primeiro grande filme. Ele, que em pouco mais de 45 anos de carreira dirigiu apenas 12 películas, foi versátil e criativo o bastante para “visitar” diferentes gêneros cinematográficos. E é justamente a partir de Glória Feita de Sangue que a marca Kubrick se estabelece. Aqui, trabalhando pela primeira vez com um astro de Hollywood, no caso, Kirk Douglas. O curioso é que neste filme ele teve a melhor das experiências com o ator, tanto que aceitou o convite dele para dirigir logo depois o épico Spartacus, onde enfrentou a pior das experiências em trabalhar com um astro, agora também produtor. Mas isto é uma outra história. Em Glória Feita de Sangue acompanhamos um drama de guerra aparentemente simples, porém, carregado de uma complexa e profunda análise do comportamento humano. Tudo começa dentro de um seguro castelo, onde um general recebe de um outro general o desafio de tomar uma posição inimiga. A missão suicida é entregue ao coronel Dax (Kirk Douglas), que mesmo com a certeza de se tratar de uma ação fadada ao fracasso, decide cumprir a ordem superior. E o que era esperado efetivamente acontece. Para cobrir a “burrada”, os próprios mandantes da missão decidem acusar três soldados inocentes como culpados pelo erro. Diante de um jogo de cartas marcadas, a única pessoa que se opõe àquele teatro encomendado é Dax, que assume a defesa de seus subordinados. Kubrick nunca teve um olhar muito generoso para com o ser humano. E isso pode ser constatado facilmente em toda a sua filmografia. Glória Feita de Sangue deixa esta postura bem clara e expõe, sem meias palavras, a visão de mundo do diretor. Uma curiosidade: Kubrick se apaixonou pela atriz alemã Susanne Christian durante as filmagens e se casou com ela no ano seguinte.

GLÓRIA FEITA DE SANGUE (Paths of Glory – EUA 1957). Direção: Stanley Kubrick. Elenco: Kirk Douglas, Ralph Meeker, Adolphe Menjou, George Macready, Wayne Morris, Richard Anderson, Joseph Turkel, Susanne Christian, Jerry Hausner, Emile Meyer e Peter Capell. Duração: 88 minutos. Distribuição: Fox/Versátil.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Respostas de 3

  1. eu kurti… e faz lembrar a música do Legião Urbana (faroeste caboclo) que fala sobre atitudes dos generais… é fácil fazer guerra quando não é vc que vai lá tomar tiro.

    JOPZ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES