FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

NENHUM A MENOS

O cineasta chinês Zhang Yimou é um artista que se sai bem com muito e também com pouco. Explicando melhor, ele costuma alternar filmes intimistas e de baixo orçamento com obras caras e grandiosas. E dirige ambas com a mesma competência. Nenhum a Menos, de 1999, faz parte do primeiro grupo. A partir do roteiro escrito por Xiangsheng Shi, acompanhamos o drama da menina professora Wei (Wei Minzhi), que assume o lugar de um professor que entra em licença. Como a evasão na escola é muito grande, ela recebe um desafio: ganhará um prêmio se conseguir manter os alunos na sala de aula. Como o próprio título já anuncia, um dos estudantes abandona a turma, o que faz com que Wei vá atrás dele na cidade grande. Zhang Yimou é preciso ao detalhar o trabalho e o empenho da professora em atingir seu objetivo. Apesar das dificuldades, ela busca ajuda e enfrenta situações difíceis e, principalmente, um momento de “síndrome do pequeno poder” quando esbarra na “autoridade” de um funcionário da emissora de televisão. Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza de 1999, Nenhum a Menos é simples, direto e emocionante.
NENHUM A MENOS (Yi Ge Dou Bu Neng Shao – China 1999). Direção: Zhang Yimou. Elenco: Wei Minzhi, Zhang Huike, Tian Zhenda, Gao Enman, Sun Zhimei, Feng Yuying e Li Fanjan. Duração: 106 minutos. Distribuição: Sony.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

  1. A cada obra que me deleito de Yimou, mais ele vai tomando um lugar mais presente em meu panteão cinematográfico.
    Para mim, já passou do obrigatório, virou um servil prazer ver toda e qualquer obra dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES