FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

AFTERSUN

A escocesa Charlotte Wells havia escrito e dirigido três curtas entre 2015 e 2017, antes de sua estreia em longas com este Aftersun, a produção independente mais aclamada de 2022. Trata-se de um “filme memória” onde a cineasta visita sua infância e as lembranças que tem de seu pai. A ação se passa no final dos anos 1990 e somos apresentados a Callum (Paul Mescal) e sua filha Sophie (Frankie Corio), de 11 anos, que estão em férias na Turquia. Wells trabalha as memórias reais da Sophie adulta (Celia Rowlson-Hall), que preenche as lacunas desse período imaginando novos significados para aqueles momentos. Há por parte da diretora um cuidado especial no uso da fotografia que pontua, sempre que necessário, a intensidade de luzes e cores para reforçar o que vem à mente de Sophie. Nessa ida ao passado, acompanhamos uma espécie de duelo entre o pai que ela teve, o que ela conhecia e o que ela gostaria de ter tido. Apesar do roteiro ousado e da direção segura de Charlotte Wells, Aftersun não seria o que se tornou sem a excepcional química entre Paul Mescal e Frankie Corio. Ambos estão simplesmente soberbos em cena.

AFTERSUN (Inglaterra/EUA 2022). Direção: Charlotte Wells. Elenco: Paul Mescal, Frankie Corio, Celia Rowlson-Hall, Sally Messham, Brooklyn Toulson, Harry Perdios, Kayleigh Coleman e Ruby Thompson. Duração: 102 minutos. Distribuição: O2 Play/MUBI.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES