FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

VIDA SELVAGEM

Estreia na direção do ator Paul Dano, Vida Selvagem teve o roteiro escrito pelo próprio diretor, junto com sua namorada, a atriz Zoe Kazan, a partir do romance homônimo de Richard Ford. A ação se passa na pequena cidade de Helena, no interior do estado de Montana, no final dos anos 1950. Acompanhamos tudo pelo olhar de Joe (Ed Oxenbould), um garoto de 14 anos que percebe que a relação de seus pais, Jerry (Jake Gyllenhaal) e Jeanette (Carey Mulligan), está abalada. A situação se complica ainda mais quando o pai aceita um trabalho longe de casa e a mãe decide que é hora de refazer sua vida. Esse é aquele tipo de filme que normalmente faria uso de uma narração. A tentação costuma ser grande nesses casos. No entanto, acertadamente, o diretor não recorre a essa “muleta” e deixa que a história se revele sozinha por suas imagens. E cabe ressaltar a beleza da fotografia do mexicano Diego García, que trabalhou antes no Brasil com Gabriel Mascaro em Boi Neon e Divino Amor. Paul Dano, apesar de muito jovem ainda, vem construindo uma sólida carreira atuando em trabalhos marcantes como Pequena Miss Sunshine (o filho que se recusa a falar) e Sangue Negro (pastor que enfrenta Daniel Day-Lewis). Agora atrás das câmeras, ele prova ter talento também para contar histórias. Desde já, um nome para ficarmos de olho.

VIDA SELVAGEM (Wildlife – EUA 2018). Direção: Paul Dano. Elenco: Ed Oxenbould, Carey Mulligan, Jake Gyllenhaal, Zoe Margaret Colletti e Bill Camp. Duração: 105 minutos. Distribuição: Amazon Prime.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES