FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

O GAROTO DE LIVERPOOL

O título nacional já entrega tudo. Ao contrário da sutileza do título original. Estamos diante de um filme que fala de Beatles. No caso, do fundador da banda, John Winston Lennon. A diretora estreante em longas Sam Taylor-Wood e o roteirista Matt Greenhalgh, que antes havia escrito o roteiro de Controle, sobre a vida de Ian Curtis, do Joy Division, retratam aproximadamente dois anos na vida de John. Período crucial para a história da música pop mundial, acompanhamos Lennon (Aaron Johnson, de Kick-Ass), entre seus 15 a 17 anos, quando ele era um adolescente solitário e criativo que vivia em Liverpool imitando seu ídolo maior, Elvis Presley. Abandonado pela mãe, Julia (Anne-Marie Duff), e criado pela tia Mimi (Kristin Scott Thomas), o garoto encontra no rock a válvula de escape para lidar com suas frustrações e dilemas. Está tudo lá. Desde quando ele ganha seu primeiro violão e monta uma banda com colegas da escola, até a viagem à Hamburgo, na Alemanha, para uma série de shows. Vemos também o encontro que mudou sua vida, quando conhece o jovem Paul McCartney (Thomas Brodie-Sangster), e, pouco depois, George Harrison (Sam Bell). O Garoto de Liverpool centra seu foco dramático no triângulo Julia-John-Mimi, mas, paralelo a isso, desenvolve um outro arco em que vemos surgir a genialidade e a atitude do Lennon que conhecemos. Uma dica: se possível, veja na seqüência o filme Backbeat – Os Cinco Rapazes de Liverpool, dirigido em 1994 por Iain Softley e que “pega” justamente a carreira dos Beatles a partir dos primeiros shows no Cavern Club, em Liverpool, seguido pela turnê em Hamburgo.
O GAROTO DE LIVERPOOL (Nowhere Boy – Inglaterra 2009). Direção: Sam Taylor-Wood. Elenco: Aaron Johnson, Anne-Marie Duff, Kristin Scott Thomas, Thomas Brodie-Sangster, David Threlfall, Josh Bolt, Sam Bell e David Morrissey. Duração: 97 minutos. Distribuição: Imagem Filmes.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

  1. O filme supostamente deveria ter sido baseado no livro da irmã de John Lennon, Julia Baird. O livro chama-se (em portugues) Imagine: Crescendo com meu irmão John Lennon. Li o livro, que se verdadeiro, desmistifica uma série de histórias da vida de Lennon, principalmente não demonizando sua mãe e nem coloca sua tia num pedestal (muito pelo contrário). Mas por uma série de motivos, o filme divergiu do livro nos pontos principais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES