FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

PINK FLOYD – THE WALL

Quando a banda Pink Floyd lançou o álbum The Wall em 1979, muitos viram naquele vinil duplo um marco revolucionário na música pop. Um disco que dividiu opiniões, mas que, indiscutivelmente, era um divisor de águas. Conceitual por inteiro, o trabalho resumia de maneira delirante um conjunto de fantasias envolvendo as angústia de uma super estrela do rock que, aos poucos, começa a enlouquecer isolado em um quarto de hotel. Assombrado pelo peso da fama e por fantasmas do passado, Pink, o popstar em questão, dialoga consigo mesmo e com o mundo ao seu redor em busca de respostas para suas perguntas. Três anos depois do lançamento do disco, o cineasta Alan Parker realizou a versão cinematográfica desta obra fundamental do Pink Floyd, agora transformada em verdadeiro marco cultural. A aposta era das mais difíceis, porém, de maneira hábil, Parker conseguiu recriar em película o mesmo clima claustrofóbico e angustiante do vinil. Bob Geldof, líder e vocalista da banda Boomtown Rats, assume aqui o papel de Pink e nos conduz nessa viagem de visual alucinante e música arrebatadora. Parker mistura tudo com sequências de animação estonteantes e compõe uma incontestável ópera rock de tirar o fôlego.
PINK FLOYD – THE WALL (Pink Floyd: The Wall – Inglaterra 1982). Direção: Alan Parker. Elenco: Bob Geldof e Bob Hoskins. Duração: 95 minutos. Distribuição: Sony BMG.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Respostas de 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES