FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

O INFORMANTE

Para começo de conversa, Russell Crowe merecia ter ganho o Oscar de melhor ator por O Informante, e não por Gladiador. Este filme, dirigido por Michael Mann em 1999 tem como base o artigo O Homem Que Sabia Demais, escrito pela jornalista Marie Brenner e publicado na revista Vanity Fair. Mann, junto com Eric Roth, escreveram o roteiro. Temos aqui dois protagonistas: Lowell Bergman (Al Pacino) e Jeffrey Wigand (Crowe). O primeiro, é produtor de um dos programas mais famosos da televisão americana, o 60 Minutos. O segundo, é um ex-pesquisador de uma grande fábrica de cigarros. Wigand concede uma entrevista à Bergman, onde revela que a indústria do tabaco utiliza substâncias químicas que provocam o vício. Mais do que um ataque às companhias de cigarros, O Informante discute o papel da mídia em nossa sociedade. A pergunta que fica é a seguinte: até que ponto as empresas de comunicação de massa são independentes? O conflito maior do filme se desenvolve justamente nesta questão. Um tema aparentemente árido, mas que é conduzido por Mann com precisão cirúrgica e ritmo vertiginoso. O fabuloso elenco, além de Pacino e Crowe, tem a presença marcante de Christopher Plummer, no papel do apresentador Mike Wallace. Indispensável para estudantes de jornalismo. Imperdível para quem gosta de cinema.

O INFORMANTE (The Insider – EUA 1999). Direção: Michael Mann. Elenco: Al Pacino, Russell Crowe, Christopher Plummer, Diane Venora, Philip Baker Hall, Lindsay Crouse, Michael Gambon e Rip Torn. Duração: 157 minutos. Distribuição: Buena Vista.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES