FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON

Ao contrário da regra natural da vida, Benjamin Button nasceu velho, doente e enrugado. Com o passar do tempo, ele foi ficando mais forte, sadio e jovem. Esse é o ponto de partida de O Curioso Caso de Benjamin Button, dirigido por David Fincher em 2008 e baseado no conto de mesmo nome escrito por F. Scott Fitzgerald, adaptado pelo roteirista Eric Roth. Diferente da maioria dos filmes, não existe um antagonista em Benjamin Button. Talvez o tempo faça esse papel. O filme também pode ser visto como uma grande metáfora do Século XX, um século que começou velho, preso ainda aos rigores e atrasos do Século XIX e foi se “modernizando” e rejuvenescendo ao longo das décadas. Na verdade, se analisarmos friamente a situação da personagem-título, veremos que não existem muitas diferenças entre sua vida e a dos demais. A dele apenas seguiu em sentido contrário, no entanto, há mais semelhanças entre velhos e crianças do que podemos supor em uma rápida análise. Perfeccionista ao extremo, Fincher “capricha” nos efeitos especiais e em todos os aspectos técnicos do filme. Brad Pitt, que faz o papel principal, convence em todas as faixas etárias e encontra nas atrizes Cate Blanchett (Daisy) e Taraji P. Henson (Queenie) o contraponto perfeito. O Curioso Caso de Benjamin Button foi bastante comparado ao filme Forrest Gump – O Contador de Histórias. Nada mais natural, uma vez que o roteiro de ambos foi escrito pela mesma pessoa. No entanto, no filme de Fincher a personagem principal interage mais e se beneficia do passar do tempo. No filme de Robert Zemeckis isso não acontece.
O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON (The Curious Case of Benjamin Button – EUA 2008). Direção: David Fincher. Elenco: Brad Pitt, Cate Blanchett, Taraji P. Henson, Julia Ormond, Jason Flemyng, Mahershalalhashbaz Ali, Jared Harris, Elias Koteas, Phyllis Somerville, Tilda Swinton e Lance E. Nichols. Duração: 165 minutos. Distribuição: Warner.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

3 respostas

  1. YEPZ, o Douglas foi cirugico…quando li a sinopse fugi por meses e meses desse filme imaginando a maior bomba, mas acabou sendo uma ótima diversão, um roteiro pra quebrar a mesmice.

    JOPZ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES