FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

ONDE COMEÇA O INFERNO

Howard Hawks é um cineasta que sempre teve domínio completo do espaço cênico em seus filmes. Se existe uma obra em sua extensa filmografia que exemplifica com perfeição esse domínio, ela se chama Onde Começa o Inferno. Composto basicamente por três cenários (a delegacia, o bar e o hotel), o filme conta a história do xerife John T. Chance (John Wayne), que prende um assassino. Até aí, nada demais, já que a lei foi aplicada. O problema surge quando um bando de renegados contratado pelo irmão do preso chega a Rio Bravo, nome da cidade e título original do filme, para libertar o prisioneiro. Chance conta apenas com a ajuda de um bêbado (Dean Martin), um velho manco (Walter Brennan) e um jovem e impulsivo pistoleiro (Ricky Nelson) para defender a delegacia e impedir a libertação do criminoso. Hawks é um dos grandes mestres do gênero western e temos aqui uma de suas obras máximas. A grande força do filme, mais do que a ação e os diálogos, que são fantásticos, está presente na impecável construção das personagens. Além disso, o diretor era muito amigo do trio principal de atores e o clima de camaradagem é visível ao longo de todo o filme.
ONDE COMEÇA O INFERNO (Rio Bravo – EUA 1959). Direção: Howard Hawks. Elenco: John Wayne, Dean Martin, Ricky Nelson, Angie Dickinson, Walter Brennan, Ward Bond, John Russell, Pedro Gonzalez e Estelita Rodriguez. Duração: 141 minutos. Distribuição: Warner.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

7 respostas

  1. Uma cena marcante deste filme, prá mim é quando o personagem de Rick Nelson se joga na frente dos cavalos dos vilões para, depois que eles passam, atirar neles. “Cavalos sempre pulam quando veêm um obstáculo” (ou algo assim).
    E Dean Martin não canta. Já é alguma coisa.

  2. Vou fazer um comentário reverso do Marcos Neves: apesar do Dean Martin não cantar, ele manda muito bem, vivendo um personagem que não é escada para outro brilhar mais alto. Ademais, esse é um dos raros westerns não-spaghetti que realmente admiro. Para se assistir ajoelhado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES