FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

MARIA ANTONIETA

Se existe uma palavra que pode resumir a filmografia da cineasta Sofia Coppola, esta palavra é “deslocamento”. Tema recorrente em toda sua obra, não foi por outra razão que Sofia escolheu a figura de Maria Antonieta, uma jovem princesa austríaca de apenas 14 anos, que viaja à Paris para se casar com o também jovem príncipe Luís XVI. Maria Antonieta, o filme, começa justamente neste ponto e mostra as dificuldades enfrentadas por ela na corte francesa. O casamento arranjado, as rígidas normas de conduta, a inexperiência total do marido e as rebeliões populares. Tudo conspira contra Maria Antonieta, interpreta por Kirsten Dunst. No papel de Luís XVI, Jason Schwartzman, primo da diretora na vida real. Sofia leva este sentimento de descolamento ao extremo. Seja na trilha sonora com músicas pops modernas ou em algumas peças de vestuário, como um tênis all star, por exemplo. Cada vez mais isolada em uma corte repleta de escândalos, só lhe resta desafiar todos os que a rodeiam. Sofia mostra Maria Antonieta como uma estrela do rock e evita fórmulas consolidadas para contar sua história. Em muitos momentos, o filme é brilhante. Em alguns outros, nem tanto. Porém, percebemos que existe uma mente pensante por trás de tudo. Muitas ideias são apresentadas e não precisamos concordar com todas elas. Maria Antonieta é aquele tipo de filme que nos faz falar sobre ele depois que sobem os créditos finais.
MARIA ANTONIETA (Marie Antoinette – EUA/França/Japão 2006). Direção: Sofia Coppola. Elenco: Kirsten Dunst, Jason Schwartzman, Judy Davis, Rip Torn, Rose Byrne, Asia Argento, Molly Shannon, Shirley Henderson, Danny Huston e Marianne Faithfull. Duração: 123 minutos. Distribuição: Sony.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES