FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

INFÂMIA

Se ainda hoje um filme que aborda personagens homossexuais causa polêmica, imagine no início dos anos 1960. É o caso de Infâmia, dirigido por William Wyler, a partir do roteiro de John Michael Hayes, por sua vez adaptado da peça teatral escrita por Lilian Hellman. Trata-se, na verdade, de uma refilmagem do original de mesmo nome realizado em 1936, também por Wyler. A ação se passa em um colégio interno para meninas gerido pelas amigas Karen (Audrey Hepburn) e Martha (Shirley MacLaine). Tudo muda quando uma aluna que havia sido punida diz para sua avó que Martha tem ciúmes de Karen, que está noiva do médico Joe Cardin (James Garner). Além de tirar a neta da escola, ela espalha o boato. Isso provoca uma reviravolta na vida das professoras. Hollywood ainda não tinha abordado o tema do lesbianismo em uma grande produção de estúdio e evitou destacar demais o assunto optando pela sutileza. O resultado é bem satisfatório. Em tempo: Infâmia recebeu cinco indicações ao Oscar nas categorias de atriz coadjuvante (Fay Bainter), fotografia em preto e branco, direção de arte em preto e branco, figurinos em preto e branco e som, mas não venceu em nenhuma.

INFÂMIA (The Children’s Hour – EUA 1961). Direção: William Wyler. Elenco: Audrey Hepburn, Shirley MacLaine, James Garner, Miriam Hopkins, Fay Bainter, Veronica Cartwright, Mimi Gibson e Diane Mountford. Duração: 108 minutos. Distribuição: Versátil.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES