FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

BARTON FINK: DELÍRIOS DE HOLLYWOOD

Assim como Billy Wilder mostrou como funciona a indústria hollywoodiana em Crespúsculo dos Deuses, os irmãos Ethan e Joel Coen trazem em Barton Fink: Delírios de Hollywood, sua visão da “meca do cinema”. Hoje, os irmãos assinam juntos a direção. Na época em que o filme foi feito, os dois assinavam o roteiro e depois dividiam as tarefas: Ethan cuidava da produção e Joel da direção. Na trama, que se passa no início dos anos 1940, Barton Fink (John Turturro), um dramaturgo de muito sucesso na Broadway, é convidado por um grande estúdio de Hollywood para escrever o roteiro de um filme sobre luta livre. Ele viaja para Los Angeles e se hospeda em um hotel de quinta categoria, onde conhece Charlie Meadows (John Goodman), um simpático vendedor de seguros. Fink enfrenta uma crise de bloqueio criativo, ao mesmo tempo em que coisas estranhas começam a  acontecer e transformam sua vida em um inferno. A maneira como os Coen retratam a jornada do escritor, inspirada provavelmente em situações reais relatadas por autores como Faulkner e Hemingway, beira o surreal. E o ator John Turturro encontrou o tom certo para viver o tímido e atormentado personagem-título. Tudo em Barton Fink funciona a favor da história.
BARTON FINK: DELÍRIOS DE HOLLYWOOD (Barton Fink – EUA 1991). Direção: Joel Coen. Elenco: John Turturro, John Goodman, Judy Davis, Michael Lerner, John Mahoney, Jon Polito, Steve Buscemi e Tony Shalhoub. Duração: 116 minutos. Distribuição: Flashstar.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES