FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

PÂNICO (1996)

Em meados da década de 1990, o slasher, uma variação do terror inspirado pelo giallo italiano, estava completamente desgastado. Popularizado mundialmente  após o lançamento, em 1978, de Halloween, de John Carpenter, era preciso que algo novo surgisse. E isso ocorreu, em 1996, com a estreia de Pânico, dirigido pelo veterano Wes Craven, a partir do roteiro do estreante Kevin Williamson. E aí você pode perguntar o que esse filme de orçamento modesto e com um elenco de atrizes e atores pouco conhecidos trazia de novidade. Bem, o diferencial de Pânico estava na criativa utilização da metalinguagem, que é quando o meio faz uso do próprio meio para contar sua história. No caso aqui, o cinema de horror era a grande inspiração e referencial. Tudo acontece na pequena cidade californiana de Woodsboro, onde misteriosas e brutais mortes começam a ocorrer. No centro de tudo, Ghostface, um maníaco assassino que faz perguntas às suas vítimas sobre filmes de terror. Quem erra as respostas, morre. Sidney Prescott (Neve Campbell), desconfia que os crimes estão relacionadas à morte de sua mãe. No final, tudo se resolve com boas reviravoltas e muito sangue no baile da escola. Pânico revolucionou o gênero e fez tanto sucesso que ganhou quatro sequências e uma série de TV, além de inúmeros derivados genéricos.

PÂNICO (Scream – EUA 1996). Direção: Wes Craven. Elenco: Neve Campbell, Courteney Cox, David Arquette, Skeet Ulrich, Matthew Lillard, Rose McGowan, Liev Schreiber e Drew Barrymore. Duração: 111 minutos. Distribuição: Amazon Prime/Globoplay.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES