FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

O COZINHEIRO, O LADRÃO, SUA MULHER E O AMANTE

O cineasta inglês Peter Greenaway não é diretor muito acessível. Sua obra possui um apuro visual extremado e ele não costuma seguir as regras da narrativa convencional. O Cozinheiro, o Ladrão, sua Mulher e o Amante talvez seja seu trabalho mais “simples”. Se é que podemos chamar assim um filme dirigido por ele. A história gira em torno das quatro personagens citadas no título. Tudo acontece no restaurante onde o chef (Richard Bohringer) prepara pratos exóticos e sofisticados para um sempre faminto gângster (Michael Gambon). Neste mesmo local, sua esposa (Helen Mirren), cansada das grosserias do marido, termina se envolvendo com um outro homem que freqüenta o lugar (Alan Howard). Greenaway, com o auxílio de seu diretor de fotografia, Sacha Vierny, trabalha com cores específicas para cada ambiente do restaurante. Esse recurso, ao mesmo tempo em que causa um belo impacto cênico, pontua dramaticamente a ação. O estilo operístico do diretor/roteirista funciona aqui de maneira perfeita e instigante. Para comer com os olhos.
O COZINHEIRO, O LADRÃO, SUA MULHER E O AMANTE (The Cook, the Thief, his Wife and her Lover – Inglaterra 1989). Direção: Peter Greenaway. Elenco: Richard Bohringer, Michael Gambon, Helen Mirren, Alan Howard, Tim Roth e Ciarán Hinds. Duração: 124 minutos. Distribuição: Aurora.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Uma resposta

  1. Peter Greenaway é um artista singular no mundo do cinema. Artes plásticas e literatura estão como aliados imprescindíveis às imagens que ele propõe em seus filmes. Ademais, Peter é, certamente, fascinado com três temas [sempre presentes em toda a sua obra]: comida, sexo e morte. Impossível sair incólume de um filme dirigido por ele. Aconselho, com igual entusiasmo, A Barriga do Arquiteto e Afogado em Números.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES