FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

DEPOIS DE LÚCIA

Existem dores difíceis de carregar e até mesmo de compartilhar. Em Depois de Lúcia, segundo longa-metragem do roteirista e diretor mexicano Michel Franco, somos apresentados a Roberto (Hernán Mendoza) e Alejandra (Tessa Ia). Pai e filha que se mudam do litoral para a capital após uma tragédia familiar. Eles querem apenas recomeçar a vida. E a menina, de apenas 15 anos, ao começar as aulas na nova escola, passa a sofrer calada abusos diversos. O cinema de Franco é seco, direto, sem enfeites, tipo um soco no estômago. Em Depois de Lúcia não há espaço para poesia. Apenas a angústia causada pela ausência de uma pessoa muito amada. A Lúcia do título, mãe de Alejandra e mulher de Roberto, nunca aparece e nem mesmo é citada verbalmente. Mas o vácuo que ela deixou está presente em cada fotograma. O resultado final é um filme muito corajoso na maneira como desenvolve sua narrativa. E isso não é pouco.

DEPOIS DE LÚCIA (Después de Lucía – México/França 2012). Direção: Michel Franco. Elenco: Tessa Ia, Hernán Mendoza, Gonzalo Vega Jr., Tamara Yazbek, Monica Del Carmen, Paco Rueda, Humberto Busto e Marco Treviño. Duração: 103 minutos. Distribuição: Imovision.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES