FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

UM DRINK NO INFERNO

Em 1996, tanto Robert Rodriguez quanto Quentin Tarantino tinham apenas dois longas no currículo como diretor. Rodriguez tinha feito O Mariachi e A Balada do Pistoleiro, e Tarantino vinha de Cães de Aluguel e Pulp Fiction. Os dois uniram forças pela primeira vez neste Um Drink no Inferno, que Rodriguez dirigiu a partir de um roteiro de Tarantino e Robert Kurtzman. Temos aqui uma mistura bastante original de gêneros. Tudo começa no melhor estilo policial mostrando a trilha de mortes deixada pelos irmãos Seth (George Clooney) e Richard (Tarantino). Eles são procurados pela polícia e sequestram o ex-pastor Jacob (Harvey Keitel) e seu casal de filhos, Kate (Juliette Lewis) e Scott (Ernest Liu). Os irmãos cruzam a fronteira dos Estados Unidos com o México e param em uma casa noturna. Lá a dupla é surpreendida por algo completamente surreal. Como escrevi no início dessa resenha, Um Drink no Inferno faz uma mistura bem original de gêneros e após essa parada, tudo toma um outro rumo, mas não perde o ritmo. Muito pelo contrário. A virada injeta sangue novo na trama. Em tempo: o filme teve duas continuações, ambas inferiores e lançadas em 1999, além de uma série de TV que teve três temporadas e 31 episódios exibidos de 2014 a 2016.

UM DRINK NO INFERNO (From Dusk Till Dawn – EUA 1996). Direção: Robert Rodriguez. Elenco: George Clooney, Quentin Tarantino, Harvey Keitel, Juliette Lewis, Salma Hayek, Cheech Marin, Danny Trejo, Tom Savini e Fred Williamson. Duração: 108 minutos. Distribuição: Amazon Prime Video.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES