FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

TIO BOONMEE, QUE PODE RECORDAR SUAS VIDAS PASSADAS

O cineasta tailandês Apichatpong Weerasethakul se formou em Arquitetura em seu país natal e obteve o título de Mestre em Belas Artes, nos Estados Unidos. Seu envolvimento com o cinema teve início em 1993, quando dirigiu seu primeiro curta-metragem. Sua produção é completamente distinta das demais produções locais. A partir do momento que seus curtas começaram a ser vistos e premiados no exterior, ele não tem tido dificuldades para realizar seus filmes com apoio financeiro exterior. Isso tem permitido que sua obra seja inteiramente independente. Tio Boonmee, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas teve seu roteiro escrito pelo próprio diretor, que se inspirou no livro de Phra Sripariyattiweti e conta a história de Boonmee (Thanapat Saisaymar), um homem que sofre de insuficiência renal e decide passar seus últimos dias na floresta, perto das pessoas que ele ama. Aparece então o fantasma de sua mulher e seu filho, há muito desaparecido, retorna também, só que não como um humano. Weerasethakul já havia apresentado a figura de Boonmee no curta Uma Carta Para Tio Boonmee, que consta do material extra do DVD. Aqui, ele comprova mais uma vez seu talento para transformar coisas simples e mundanas em algo mágico e sublime. Sua visão humanista, possível reflexo do fato de o diretor ser filho de um casal de médicos, está presente na obra de rara beleza e sensibilidade e que ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2010.
TIO BOONMEE, QUE PODE RECORDAR SUAS VIDAS PASSADAS (Lung Boonmee Raluek Chat – Tailândia 2010). Direção: Apichatpong Weerasethakul. Elenco: Thanapat Saisaymar, Jenjira Pongpas, Sakda Kaewbuadee e Natthakarn Aphaiwonk. Duração: 113 minutos. Distribuição: Cultura/Mostra.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES