FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

OS IMORAIS

O inglês Stephen Frears já era um nome respeitado no Reino Unido na segunda metade dos anos 1980. Após o sucesso internacional de Ligações Perigosas, de 1988, Frears recebeu um convite de Martin Scorsese para dirigir Os Imorais. Baseado no livro de Jim Thompson e adaptado por Donald E. Westlake, o filme conta a história de um intenso triângulo de relações formado por Lilly (Anjelica Huston), Roy (John Cusack) e Myra (Annette Bening). A primeira é uma agente de apostas de corridas de cavalos. O segundo é seu filho, que vive de pequenos golpes. A terceira é uma mulher ambiciosa e sedutora que namora o segundo. Tudo foge do convencional em Os Imorais. O olhar sofisticado de Frears nos conduz por um mundo violento e cínico habitado por personagens completamente sem caráter. Os três atores principais são apresentados separadamente e depois suas histórias se cruzam em uma via de mão única. O diretor tira todo o proveito da força do texto e da fina sintonia que se estabelece entre Huston, Cusack e Bening. Quando foi lançado, em 1990, o filme tornou-se um clássico instantâneo. E isso não foi por acaso.

OS IMORAIS (The Grifters – EUA 1990). Direção: Stephen Frears. Elenco: Anjelica Huston, John Cusack, Annette Bening, Pat Hingle, Henry Jones, Michael Laskin, J.T. Walsh, Charles Napier, Eddie Jones e Stephen Tobolowsky. Duração: 119 minutos. Distribuição: Lume.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES