FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

O DIABO NO BANCO DOS RÉUS

Imagine se o diabo, o demo, o coisa ruim, o anjo caído, Lúcifer em pessoa fosse processado e levado a julgamento. Seria, antes de qualquer coisa, um grande acontecimento midiático. Pois bem, algo bem parecido com isso é o que acontece no filme O Diabo no Banco dos Réus, escrito e dirigido por Timothy A. Chey. Graduado em Cinema e Direito, Chey conta aqui a história de Luke O’Brien (Burt Bronsen), um homem que decide processar o “cramunhão” em oito trilhões de dólares por tudo de errado que aconteceu em sua vida. Em princípio, o julgamento deveria acontecer à revelia do acusado, porém, pouco antes do prazo final, Satanás (Malcolm McDowell) aparece para se defender. E claro, contrata os melhores e mais caros advogados para a tarefa. O Diabo no Banco dos Réus é um filme que mistura drama e comédia com uma pitada de suspense. É também assumidamente cristão e quase fundamentalista na forma como reitera algumas questões religiosas. Vale como exercício de diversidade de pensamento. Nada mais que isso.

O DIABO NO BANCO DOS RÉUS (Suing the Devil – EUA/Austrália 2011). Direção: Timothy A. Chey. Elenco: Malcolm McDowell, Shannen Fields, Corbin Bernsen, Tom Sizemore, Bart Bronson, Jeff Gannon, Roslyn Gentle e Annie Lee. Duração: 108 minutos. Distribuição: Graça Filmes.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES