FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

JOSIE E AS GATINHAS

Harry Elfont e Deborah Kaplan começaram a trabalhar juntos em 1996. Além dos roteiros que escreveram, ambos dividiram a direção de dois longas: Mal Posso Esperar, em 1998, e Josie e as Gatinhas, em 2001. A história se inspira na HQ homônima publicada pela Archie Comics e gira em torno do trio de rock formado por Josie (Rachel Leigh Cook), Valerie (Rosario Dawson) e Melody (Tara Reid). Elas são descobertas pelo empresário Wyatt (Alan Cummings) e são contratadas pela Mega Records, empresa de Fiona (Parker Posey), que planeja dominar os jovens com mensagens subliminares ocultas nas canções da banda. Temos aqui uma crítica direto à indústria cultural e ao capitalismo. Não é por acaso que há mais de 70 empresas mostradas através de produtos e logomarcas ao longo de todo o filme. Na verdade, não houve pagamento algum por parte delas, mas a dupla de diretores quis fazer o ponto de vista que defendem em relação a isso. No mais, trata-se de uma comédia musical leve, divertida e, em boa medida, crítica de uma feroz postura econômica que domina não apenas o mercado fonográfico.

JOSIE E AS GATINHAS (Josie and the Pussycats – EUA 2001). Direção: Harry Elfont e Deborah Kaplan. Elenco: Rachael Leigh Cook, Rosario Dawson, Tara Reid, Alan Cumming, Parker Posey, Gabriel Mann, Paulo Costanzo e Missi Pyle. Duração: 98 minutos. Distribuição: Universal.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES