FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

AMADEUS

Primeiro veio a peça teatral. O roteirista Peter Shaffer, inspirado na vida dos compositores Wolfgang Amadeus Mozart e Antonio Salieri, escreveu o texto e tomou algumas liberdades poéticas. A história mostra uma suposta rivalidade entre os dois músicos na Viena de meados do Século XVIII. O sucesso da peça atraiu a atenção do produtor Saul Zaentz, que resolveu transformá-la em filme e convidou o tcheco Milos Forman para dirigi-lo. Com roteiro do próprio Shaffer, Amadeus foi lançado em 1984 e tornou-se o grande vencedor de prêmios de cinema daquele ano, entre eles, oito Oscar. No filme, Mozart e Salieri são vividos por atores desconhecidos até então do grande público: Tom Hulce e F. Murray Abraham, respectivamente, ambos em desempenhos mais que inspirados. Tudo em Amadeus é grandioso: elenco, direção, fotografia, cenários, figurinos e trilha sonora. Filmado em Praga e com atores que não eram muito conhecidos na época, Forman manteve-se fiel ao clima da obra original e acrescentou movimento, cores e música de maneira impecável. Ele realizou um filme nos moldes do clássico cinema hollywoodiano: uma obra acessível a todo tipo de público, do mais erudito ao menos escolado. Não há nada fora do lugar. Preste atenção na estupenda sequência de abertura, que estabelece em poucos minutos a essência do conflito entre os dois compositores. O sucesso do filme provocou uma verdadeira Mozartmania em escala mundial. Mozart virou um popstar com seu rosto estampado em camisetas e até versões disco de suas músicas, além, é claro, da impagável e marcante gargalhada criada por Tom Hulce para a personagem. Amadeus nos conquista por completo e consegue transformar uma trama longa e cheia de subtramas e subtemas em um filme que não sentimos o tempo passar. Cinema espetáculo da melhor qualidade. Em tempo: a edição especial traz uma versão do filme com vinte minutos adicionais e um excelente documentário sobre a produção.

AMADEUS (Amadeus – EUA 1984). Direção: Milos Forman. Elenco: Tom Hulce, F. Murray Abraham, Elizabeth Berridge, Jeffrey Jones, Roy Dotrice, Simon Callow, Christine Ebersole, Kenny Baker e Charles Kay. Duração: 160 minutos. Distribuição: Warner.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

4 respostas

  1. Amadeus é um divisor de águas. Meu conceito sobre música se aprimorou após eu ver o filme. A atuação do Tom Hulce também é muito foda. Como o Marden mesmo diz, tudo no filme é grandioso, perfeito. Tudo no seu devido lugar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES