FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

TERROR NA ÓPERA

Em 1987 o italiano Dario Argento já era um nome respeitado e estabelecido no imaginário dos fãs de filmes de terror. Foi neste ano que ele escreveu e dirigiu Terror na Ópera, que muitos consideram sua última obra-prima. A história gira em torno de Betty (Cristina Marsillach), uma jovem soprano de Milão que passa a ser perseguida por um assassino durante a montagem de Macbeth. Argento “brinca” com a lenda envolvendo a “peça maldita” de Shakespeare e cita ele próprio na figura de Marco (Ian Charleson, em seu último trabalho), antigo diretor de filmes de terror agora diretor de uma ópera. Argento sempre deu um tratamento operístico em suas obras. Principalmente, nas cenas de morte. Aqui ele leva isso ao extremo e faz uma feliz mistura de “opera-rock” que deixaria Pete Townsend, do The Who, com inveja. Em tempo: diz a lenda que certa vez Argento teria reclamado do fato de espectadores desviarem o olhar nas cenas mais “pesadas” de seus filmes. Brincando, ele sugeriu que o ideal seria colocar alfinetes nas pálpebras das pessoas para impedi-las de fechar os olhos. Esta solução “criativa” é utilizada pelo assassino deste filme.

TERROR NA ÓPERA (Opera – Itália 1987). Direção: Dario Argento. Elenco: Cristina Marsillach, Ian Charleson, Urbano Barberini, Daria Nicolodi, William McNamara, Antonela Vitale, Barbara Cupisti e Francesca Cassola. Duração: 107 minutos. Distribuição: Versátil.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES