FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

PEÕES

Eduardo Coutinho é um dos maiores nomes do documentário mundial. Dono de um talento único para se aproximar das pessoas e extrair delas depoimentos espontâneos e sinceros. Coutinho, que começou sua carreira após ganhar um concurso de perguntas na televisão, onde respondeu sobre Charles Chaplin. Com o dinheiro do prêmio, foi estudar Cinema na França. Ao voltar ao Brasil, no início dos anos 1960, realizou um filme, Cabra Marcado Para Morrer, que levou cerca de vinte anos para ser concluído. Nesse período, montou uma produtora com o cineasta Leon Hirszman, escreveu roteiros, como o de A Falecida, e mais tarde, na televisão, integrou a equipe de produção do Globo Repórter. Peões, de 2004, resgata a história dos sindicalistas que lutaram ao lado do então metalúrgico Luiz Inácio Lula da Silva no movimento grevista que ocorreu na região do ABC paulista no final dos anos 1970. Coutinho registra depoimentos marcantes dos homens que ousaram brigar em uma época de muita repressão da ditadura militar e mostra como está a vida deles no presente, fazendo assim uma ligação com os acontecimentos do passado. Um filme que serve de introdução perfeita ao documentário Entreatos, de João Moreira Salles, realizado no mesmo ano, que acompanha os bastidores da campanha vitoriosa de Lula à Presidência.
PEÕES (Brasil 2004). Direção: Eduardo Coutinho. Documentário. Duração: 85 minutos. Distribuição: VideoFilmes.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES