FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

ESCÂNDALO

Sexo e política sempre renderam manchetes impactantes nos jornais, além de boas histórias para livros, filmes e séries de televisão. Tanto faz se são fictícias ou reais. Funcionam sempre. E se forem baseadas em fatos, melhor ainda. É assim com Escândalo, dirigido pelo inglês Michael Caton-Jones, em 1989. O roteiro de Michael Thomas se inspira no famoso caso Profumo, que aconteceu na Inglaterra em 1963. Duas prostitutas, Christine (Joanne Whalley) e Mandy (Bridget Fonda), se envolvem com o Ministro da Defesa inglês John Profumo (Ian McKellen) e Eugene Ivanov (Jeroen Krabbe), um adido soviético. O mundo ainda vivia tempos de guerra fria entre americanos e soviéticos. Além disso, a combinação desse quadrilátero amoroso, por si só, já é bem explosivo. Parece até ficção. Caton-Jones, que vinha da TV, estreou bem na direção de longas. Escândalo apresenta uma precisa reconstituição de época e reúne um elenco de peso em um tipo de trama que nunca envelhece.

ESCÂNDALO (Scandal – Inglaterra 1989). Direção: Michael Caton-Jones. Elenco: Bridget Fonda, Ian McKellen, Joanne Whalley, John Hurt, Britt Ekland, Jeroen Krabbe, Leslie Phillips, Roland Gift, Alex Norton e Paul Brooke. Duração: 109 minutos. Distribuição: Paramount.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES