FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

DA TERRA NASCEM OS HOMENS

Em 45 anos de carreira, William Wyler se destacou pela versatilidade e pelo número de indicações que recebeu ao Oscar de melhor diretor: 12 no total. Ganhou três delas, além de um Prêmio Memorial Irving G. Thalberg, dado pela Academia, em 1966. Essa honraria é concedida, de tempos em tempos, aos produtores de filmes de qualidade. Da Terra Nascem os Homens, faroeste que ele produziu (junto com o ator Gregory Peck), e dirigiu em 1958. O roteiro de James R. Webb, Sy Bartlett e Robert Wilder se baseia no romance de Donald Hamilton e conta a história de James McKay (Peck). Ele tem posses, acabou de se aposentar como capitão da Marinha e chega ao Texas para se casar com Pat Terrill (Carroll Baker). Uma disputa de terras entre Rufus Hannassey (Burl Ives, que ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante por este papel) e o pai de Pat, Henry Terrill (Charles Bickford), que por sua vez está envolvido também em uma outra luta relacionada à água, deixa McKay em uma situação delicada. Muitos consideram Da Terra Nascem os Homens um dos melhores faroestes do Cinema, bem como uma das maiores obras de Wyler, atrás apenas do épico Ben-Hur, que ele dirigiria no ano seguinte. Aqui, tudo funciona harmonicamente em favor da história que está sendo contada. E isso é muito bom.

DA TERRA NASCEM OS HOMENS (The Big Country – EUA 1958). Direção: William Wyler. Elenco: Gregory Peck, Jean Simmons, Carroll Baker, Charlton Heston, Burl Ives, Charles Bickford, Alfonso Bedoya e Chuck Connors. Duração: 164 minutos. Distribuição: Continental.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES