FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

CONVERSAS COM MEU JARDINEIRO

O veterano cineasta francês Jean Becker iniciou sua carreira trabalhando como assistente de direção. Sua estreia solo aconteceu no começo dos anos 1960, quando Becker dirigiu alguns filmes independentes. Pouco tempo depois, o diretor deu uma pausa de quase vinte anos em sua carreira e só voltou para trás das câmaras em 1983. Desde então, vem realizando filmes regularmente. Conversas Com Meu Jardineiro é um deles. Baseado no romance de Henri Cueco, que por sua vez relata acontecimentos de sua própria vida, o roteiro foi escrito pelo diretor junto com Jean Cosmos e Jacques Monnet. Acompanhamos aqui um pintor de sucesso, vivido pelo ator Daniel Auteuil. Logo após um divórcio, ele volta para sua cidade natal e se instala na casa de campo onde passou sua infância. Lá chegando, decide cultivar uma horta e contrata um jardineiro (Jean-Pierre Darroussin). Os dois, na verdade, eram amigos quando crianças e a amizade logo vem à tona outra vez. A partir daí, os dois passam a se tratar pelos apelidos de Dupinceau e Dujardin. Não há no relacionamento deles um confronto direto entre pessoas de classes sociais e bagagens culturais diferentes. Apesar das diferenças, o que se estabelece entre o pintor culto e rico da cidade grande e o pobre e pouco letrado jardineiro do interior é um diálogo sincero entre duas pessoas que se descobrem complementares. Becker conduz seu filme com simplicidade, sutileza e sinceridade. E isso termina por criar em nós uma intimidade com as conversas travadas entre os dois amigos.
CONVERSAS COM MEU JARDINEIRO (Dialogue Avec Mon Jardinier – França 2007). Direção: Jean Becker. Elenco: Daniel Auteuil, Jean-Pierre Darroussin, Fanny Cottençon, Elodie Navarre, Hiam Abbass e Alexia Barlier. Duração: 109 minutos. Distribuição: VideoFilmes.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES