FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

CONSTRUINDO UMA CARREIRA

O roteirista, produtor e diretor norte-americano John Hughes dispensa qualquer apresentação. Ao longo das décadas de 1980 e 1990 ele foi o responsável pelos melhores filmes envolvendo jovens. Parecia que ninguém mais os entendia como ele. Seja em produções dirigidas ou simplesmente escritas por ele, como é o caso de Construindo Uma Carreira, realizado em 1991, por Bryan Gordon. A ação gira em torno de Jim Dodge (Frank Whaley), um jovem de pouco mais de 20 anos que não consegue se manter em emprego algum. Para muitos ele é um vigarista mentiroso. Jim acaba sendo contratado para trabalhar em uma loja da rede Target (o filme parece até um grande comercial da marca). A função é a de zelador noturno. Certa noite ele encontra Josie McClellan (Jennifer Connelly), filha do homem mais rico da cidade, que acabou dormindo dentro do provador de roupas do estabelecimento. Para complicar tudo, dois assaltantes invadem o local. Construindo Uma Carreira independeria de seu diretor. Isso realmente não faria diferença, caso o texto de John Hughes se sobressaísse como o roteirista queria. Isso não aconteceu e ele chegou a pedir ao estúdio para retirar seu nome dos créditos. O que não foi atendido. Chego a imaginar até o que ele não gostou no filme pronto. A história é bobinha e superficial. Mas, cá entre nós, muita gente costuma se referir a essa fase da vida dessa maneira. Fica então o aviso: veja por sua conta e risco.

CONSTRUINDO UMA CARREIRA (Career Opportunities – EUA 1991). Direção: Bryan Gordon. Elenco: Frank Whaley, Jennifer Connelly, Dermot Mulroney, Kieran Mulroney, John M. Jackson, Noble Willinghan e John Candy. Duração: 83 minutos. Distribuição: Universal.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES