FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

CASA VAZIA

O diretor e roteirista sul-coreano Kim-Ki Duk chamou a atenção mundial com seu filme anterior, Primavera, Verão, Outono, Inverno e… Primavera. Meio mundo ficou fascinado com a carga filosófica apresentada na relação entre mestre e discípulo. Quando Casa Vazia foi lançado a expectativa era grande e muitos esperavam algo na mesma linha. Felizmente, Kim-Ki Duk tomou um rumo diferente. Desta vez ele conta a história de Hee-Jae (Hyun-kyoon Lee), um jovem que invade casas cujos donos estão viajando e lá fica por alguns dias. Ele não rouba nada e, para compensar a “hospedagem”, procura algo dentro da casa que precise ser consertado. Certo dia, em uma das casas que ele invadiu, Hee-Jae presencia a bela modelo Sun-hwa (Seung-yeon Lee) levar uma surra do marido. A partir daí se estabelece uma forte relação entre os dois sem que eles troquem uma única palavra sequer. A narrativa que o diretor imprime aqui não segue um padrão convencional. A trama é, antes de tudo, romântica, porém, vem impregnada de poesia, de realismo fantástico, de questões sobrenaturais. Parece uma salada que não combina bem seus ingredientes, no entanto, tudo o sentido neste belo filme de amor.
CASA VAZIA (Bin-jip – Coréia do Sul 2004). Direção: Kim-Ki Duk. Elenco: Seung-yeon Lee, Hyun-kyoon Lee, Hyuk-ho Kwon, Jeong-ho Choi, Ju-seok Lee e Mi-suk Lee. Duração: 95 minutos. Distribuição: Imovision.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES