FILME DO DIA

E-BOOK

CINEMARDEN VAI AO OSCAR

A CAÇADA AO OUTUBRO VERMELHO

Há quem diga que se a guerra fria entre americanos e soviéticos serviu para alguma coisa, foi para alimentar a imaginação dos escritores de histórias de espionagem. Baseado no livro de Tom Clancy, A Caçada ao Outubro Vermelho conta a história de um iminente ataque aos Estados Unidos a partir de um submarino nuclear tecnologicamente superior, o Outubro Vermelho, comandado pelo Capitão Marko Ramius (Sean Connery). A tensão se estabelece entre os oficiais das duas grandes potências. Entra em cena então Jack Ryan (Alec Baldwin), um analista da CIA, que acredita que Ramius não está planejando atacar e sim desertar. Dirigido por John McTiernan, um cineasta que sabe tirar proveito de espaços fechados, A Caçada ao Outubro Vermelho é tenso e impactante. Quanto ao elenco, integralmente masculino, destaque maior para Sean Connery, que empresta todo o seu carisma para compor um Ramius convincente, e Alec Baldwin, que encontra o equilíbrio perfeito na criação de Ryan. A intenção da Paramount era transformar as aventuras de Jack Ryan em uma lucrativa franquia. Alec Baldwin cobrou um cachê alto demais e foi substituído por Harrison Ford nos dois filmes seguintes (Jogos Patrióticos e Perigo Real e Imediato). Um quarto filme foi feito, A Soma de Todos os Medos, com um Jack Ryan mais jovem, vivido por Ben Affleck.
A CAÇADA AO OUTUBRO VERMELHO (The Hunt For Red October – EUA 1990). Direção: John McTiernan. Elenco: Sean Connery, Alec Baldwin, James Earl Jones, Sam Neill, Scott Glenn, Courtney B. Vance, Joss Ackland, Peter Firth, Richard Jordan, Stellan Skarsgård, Jeffrey Jones Larry Ferguson e Tim Curry. Duração: 135 minutos. Distribuição: Paramount.

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

6 respostas

  1. Saudades da guerra fria como um mote do cinema de ação americano e de suspense inglês – mas pelo menos a questão histórica diminui as chances de uma refilmagem desse belo exemplo do “sub-gênero” submarinos. Inevitável lembrar dos também ótimos “Maré Vermelha” e “K-19 – The Widowmaker” (outro título genial, Douglas).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS POSTAGENS

ASSINE E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES