A MEMÓRIA INFINITA

Filme do dia, Slider

A diretora chilena Maite Alberdi é detentora de um feito único em seu país. Ele recebeu duas indicações ao Oscar nos últimos três anos. A primeira, em 2021, pelo filme Agente Duplo. E a segunda, em 2024, por este A Memória Infinita. Em ambos os documentários a abordagem é criativa e bastante delicada. No caso aqui, ela nos apresenta o casal Augusto Góngora e Paulina Urrutia que está junto há 25 anos. O problema é que Augusto foi diagnosticado com Alzheimer e Paulina teme o dia em que ele não a reconhecerá mais. Da mesma forma que ele também teme a chegada desse dia. Acompanhamos a rotina dos dois junto com imagens antigas de Augusto da época em que ele era repórter. O trabalho dela como atriz nos é mostrado da mesma forma. Mas é o difícil dia a dia do casal que efetivamente pesa mais. Alberdi é uma cineasta sensível e a maneira como ela conduz essa tocante história real é de uma simplicidade sem igual. Sua câmera não é intrusiva e se posiciona na distância adequada para mostrar o que precisamos ver sem constrangimento. Essa relação foi, seguramente, construída a partir de muita confiança entre a diretora e Paulina. E faz toda a diferença. Em tempo: A Memória Infinita recebeu uma indicação ao Oscar 2024 na categoria de melhor documentário.

A MEMÓRIA INFINITA (La Memoria Infinita – Chile 2023). Direção: Maite Alberdi. Documentário. Duração: 85 minutos. Distribuição: Paramount+.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 19 de fevereiro de 2024

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software