MOONAGE DAYDREAM

Filme do dia, Slider

Se eu te falar de David Robert Jones, talvez você não saiba de quem se trata. No entanto, se eu revelar seu nome artístico, David Bowie, aí a história é outra. Ao longo de pouco mais de meio século de carreira, Bowie se tornou não apenas um artista multimídia, mas, principalmente, um dos mais influentes da sua e de qualquer outra geração que veio depois. O vazio criativo deixado após sua morte, em janeiro de 2016, levará tempo para ser preenchido. Porém, com Moonage Daydream, novo documentário do californiano Brett Morgen, o robusto legado do “camaleão do rock” recebe um tratamento à altura. Morgen teve acesso irrestrito a um farto, e bota farto nisso, material cedido pela família de Bowie. O título vem da terceira faixa do álbum The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars, de 1972. Não há depoimentos aqui. O fio condutor da rica narrativa é o próprio Bowie e suas muitas faces e fases. Brett Morgen, produtor e diretor de documentários desde 1987, já havia provado seu talento em obras como The Kid Stays in the Picture (O Show Não Pode Parar), sobre Robert Evans, de 2002, e Cobain: Montage of Heck, de 2015, sobre o líder do Nirvana. A maneira como ele organiza milhões de imagens e áudios é, para dizer o mínimo, impressionante e, na mesma medida, revolucionário. Morgen consegue nos mostrar aqui a força criativa e inesgotável de um artista que sempre esteve antenado com seu tempo e soube como poucos abrir caminhos para o futuro rompendo barreiras e tocando nossos corações e mentes. Como diz a letra de Moonage Daydream, título que poderia ser traduzido como Alucinação Lunar: “Eu sou um crocodilo, eu sou mamãe-papai que vem para você. Eu sou o invasor do espaço, eu sou uma vadia do rock pra você. Mantenha sua boca fechada, você está guinchando como um pássaro-macaco rosa. E eu estou separando meus miolos para as palavras. Mantenha seu olho elétrico em mim, querida. Ponha sua arma de raios na minha cabeça. Aperte sua face espacial perto da minha, amor. Perca o senso em uma alucinação lunar”. Bowie vive e pulsa cada vez mais forte.

MOONAGE DAYDREAM (EUA/Alemanha 2022). Direção: Brett Morgen. Documentário. Duração: 135 minutos. Distribuição: Universal.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 15 de setembro de 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software