QUINCY

Filme do dia, Slider

Quincy Delight Jones Junior talvez seja o maior nome da indústria fonográfica americana. O que o coloca, seguramente, como um dos maiores do mundo. A seu favor, além do enorme talento musical nas mais diferentes áreas (tocando, compondo, arranjando ou produzindo), ele cultivou grandes amizades e tem, há sete décadas, criado ou participado de importantes momentos da cultura pop. O documentário Quincy, de 2018, traça um extenso painel da carreira desse grande artista. Dirigido por Alan Hicks ao lado da roteirista e atriz Rashida Jones, uma das seis filhas do retratado, temos aqui um perfil bastante íntimo e pessoal na vida desse homem que vem colecionando prêmios e amigos ao longo da vida. O pano de fundo é a preparação do show de abertura do Museu Nacional de Cultura e História Afro Americana, em Washington. Quincy pode até parecer um documentário “chapa branca”, como se diz. Mas não teria como ser diferente. Ou pelo menos, se não fosse feito assim, com essa proximidade familiar, jamais existiria. Ele funciona como um registro dos mais abrangentes da carreira de Quincy Jones, um grande mestre que ajudou a moldar a “cara” do planeta nos séculos XX e XXI.

QUINCY (EUA 2018). Direção: Alan Hicks e Rashida Jones. Documentário. Duração: 124 minutos. Distribuição: Netflix.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 14 de janeiro de 2021

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software