A TRILHA DA PANTERA COR-DE-ROSA

Filme do dia, Slider

Dois anos após a morte de Peter Sellers, o diretor Blake Edwards resolveu prestar um tributo ao ator e utilizando imagens de arquivo e sobras dos filmes anteriores da franquia concebeu este A Trilha da Pantera Cor-de-Rosa. A ideia de Edwards era fazer algo tipo Cidadão Kane e, para isso, utiliza a personagem da repórter Marie Jouvet (Joanna Lumley), que investiga o sumiço do famoso detetive francês. Ela entrevista diversas pessoas que conviveram com Clouseau tentando encontrar a razão de seu desaparecimento. O roteiro, escrito por Frank e Tom Waldman junto com Blake e Geoffrey Edwards, é na verdade uma colcha de retalhos. E o resultado, infelizmente, não é dos melhores. O que se refletiu na fraca bilheteria que o filme obteve. Além disso, a viúva de Sellers abriu e ganhou um processo contra o estúdio alegando que a obra não apenas utilizou material de arquivo sem a devida autorização da família como também não honrou a memória do ator. Não é preciso muito para comprovar que ela tinha razão. De qualquer maneira, os produtores rodaram mais uma continuação, A Maldição da Pantera Cor-de-Rosa, que foi lançada já no ano seguinte.

A TRILHA DA PANTERA COR-DE-ROSA (Trail of the Pink Panther – Inglaterra/EUA 1982). Direção: Blake Edwards. Elenco: David Niven, Herbert Lom, Richard Mulligan, Joanna Lumley, Capucine, Robert Loggia, Harvey Korman, Burt Kwouk, Graham Stark e Peter Sellers. Duração: 96 minutos. Distribuição: Sony.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 25 de agosto de 2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software