GAROTA, INTERROMPIDA

Slider

James Mangold é um roteirista, diretor e produtor de carreira bastante eclética. Em Garota, Interrompida, de 1999, seu terceiro longa, ela adapta, junto com Lisa Loomer e Anna Hamilton Phelan, o livro autobiográfico de Susanna Kaysen. Ela, muito jovem ainda, foi diagnosticada como doente por apresentar sintomas típicos da adolescência. Susanna (Winona Ryder) tinha o que foi chamado de “Ordem Incerta de Personalidade”. Se isso não faz sentido para você, imagine para ela, que é internada em um hospital psiquiátrico onde conhece outras jovens na mesma situação. Entre elas está Lisa (Angelina Jolie), classificada de sociopata e que faz uso de seu charme natural para organizar uma fuga do lugar. Garota, Interrompida não carrega nas tintas. Mangold é hábil o suficiente para deixar que o dramas das meninas se manifeste naturalmente sem cair no melodrama. E as jovens atrizes, todas elas, se saem muito bem. Em especial, Angelina Jolie, vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante por este papel.

GAROTA, INTERROMPIDA (Girl, Interrupted – EUA 1999). Direção: James Mangold. Elenco: Winona Ryder, Elisabeth Moss, Angelina Jolie, Clea DuVall, Brittany Murphy, Jeffrey Tambor, Vanessa Redgrave, Jared Leto e Whoopi Goldberg. Duração: 127 minutos. Distribuição: Netflix.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 12 de abril de 2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software