RITMO LOUCO

Filme do dia, Slider

A parceria de Fred Astaire e Ginger Rogers durou 16 anos, de 1933 até 1949. No entanto, dos dez filmes que fizeram juntos, nove deles foram feitos em seis anos, de 1933 até 1939. Ritmo Louco, de 1936, foi o sexto da dupla, e junto de O Picolino, do ano anterior, são os dois mais queridos pelos fãs. Dirigido por George Stevens, após uma rica experiência de quase dez anos como diretor de fotografia, onde trabalhou em mais de 70 filmes. Sem contar que também ele realizou perto de 30 curtas e outros sete longas. Ritmo Louco foi o filme que colocou seu nome definitivamente no mapa hollywoodiano. O roteiro de Howard Lindsay e Allan Scott, baseado em uma história de Erwin Gelsey, nos apresenta Lucky Garnett (Astaire). Ele é um famoso sapateador que viaja à Nova York para conseguir um dinheiro para cumprir uma decisão judicial e se casar com Margaret (Betty Furness), sua noiva. O problema surge quando ele conhece a encantadora Penny (Rogers). Se você assistiu aos outros filmes da dupla, com certeza, perceberá situações parecidas. Mas, adianto que isso não incomoda em absoluto. A química entre os dois é algo próximo do divino e isso faz toda a diferença. E, a exemplo do que já havia acontecido com A Alegre Divorciada, a canção deste novo filme, The Way You Look Tonight, composta por Jerome Kern e Dorothy Fields, foi premiada com o Oscar da categoria.

RITMO LOUCO (Swing Time – EUA 1936). Direção: George Stevens. Elenco: Fred Astaire, Ginger Rogers, Victor Moore, Helen Broderick, Eric Blore e Betty Furness. Duração: 103 minutos. Distribuição: Warner.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 21 de novembro de 2018

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software