O FILME DA MINHA VIDA

Filme do dia, Slider

Normalmente, um diretor se interessa por um livro e procura o autor para que este lhe autorize adaptá-la para o cinema. Com O Filme da Minha Vida foi um pouco diferente. O autor do livro, o chileno Antonio Skármeta, de O Carteiro e o Poeta, queria que seu livro Um Pai de Cinema virasse um filme brasileiro. Certo dia, o acaso o colocou em contato com o ator/diretor Selton Mello e a conversa rendeu a parceria que resultou no terceiro trabalho do ator atrás das câmeras. O próprio Selton adaptou o livro junto com Marcelo Vindicato, com já havia trabalhado em Feliz Natal e O Palhaço, seus filmes anteriores. Temos aqui o jovem Tony (Johnny Massaro), que volta para sua cidade natal, Remanso, na Serra Gaúcha, depois de se estudar fora. Ele descobre que Nicolas (Vincent Cassell), seu pai, foi embora. Tony começa a trabalhar como professor e se vê em situações cada vez mais inesperadas. O Filme da Minha Vida é nostálgico por natureza. Tudo aqui evoca nostalgia. Os figurinos, os objetos de cena e as locações belissimamente fotografados por Walter Carvalho. Talvez até demais. Alguns poderão dizer se tratar do típico “muita cobertura para pouco recheio”. É possível. Mas é bom lembrar que cinema é também sentimento e nessa seara  um mesmo filme pode tocar as pessoas de diferentes maneiras. Eis a beleza de uma obra de arte.

O FILME DA MINHA VIDA (Brasil 2017). Direção: Selton Mello. Elenco: Johnny Massaro, Vincent Cassel, Martha Nowill, Selton Mello, Bruna Linzmeyer, Bia Arantes, Ondina Clais, Erika Januza, João Prates e Rolando Boldrin. Duração: 113 minutos. Distribuição: Vitrine Filmes.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 25 de julho de 2018

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software