AMY

Filme do dia, Slider

O cineasta britânico de origem indiana Asif Kapadia começou sua carreira em 1994 dirigindo curtas. A estreia em longas aconteceu 12 anos depois com Um Guerreiro Solitário, bastante premiado e que chamou a atenção pela beleza e impacto de suas imagens. Na sequencia, Kapadia dirigiu outros dois filmes de ficção e passou a trabalhar com documentários. Em 2012 realizou Senna, seu longa documental de estreia sobre o piloto brasileiro de Fórmula 1. O sucesso do filme abriu as portas para a produção de seu projeto seguinte: Amy, sobre a vida da cantora Amy Winehouse, que morreu de overdose em julho de 2011, aos 27 anos. Kapadia teve acesso a um farto material de arquivo da família, bem como a inúmeras imagens de reportagens e apresentações da artista. Amy mergulha, como poucos documentários foram capazes, no drama de uma jovem e talentosa cantora ao mostrar com profundidade a pressão que ela, por conta da exposição midiática aliada a questões pessoais e familiares, sofreu. O sentimento de tragédia anunciada está presente em muitos dos momentos que o filme nos mostra. Até porque, dentro do contexto que ela viveu, dificilmente seria diferente. Da mesma forma que havia eleito Alain Prost como o grande vilão da carreira de Senna, ele aqui destaca dois “vilões” que transformaram a vida da cantora em um verdadeiro inferno. Kapadia, com a força de suas imagens, redime para nós a figura de Amy Winehouse.

AMY (Amy – Inglaterra 2015). Direção: Asif Kapadia. Documentário. Duração: 128 minutos. Distribuição: Universal/Netflix.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 6 de outubro de 2017

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software