A CONFISSÃO (1999)

Filme do dia, Slider

O britânico David Hugh Jones teve uma carreira longa como diretor. A maioria de seus trabalhos foi para a televisão. No entanto, três filmes marcaram sua filmografia no cinema: Nunca Te Vi, Sempre Te Amei, de 1987; O Processo, de 1993; e este A Confissão, de 1999. Aqui, o roteiro de David Black, baseado no romance de Sol Yurick, conta a história de Fertig (Ben Kingsley), um judeu ortodoxo que vê seu filho morrer por conta de uma negligência médica. A dor faz com que, pouco tempo depois, ele vá ao hospital faça justiça com as próprias mãos matando a recepcionista, a enfermeira e o médico. Fertig então assume a culpa pelos crimes e se entrega à polícia. Isso chama a atenção do ambicioso advogado Roy Bleakie (Alec Baldwin), que assume sua defesa. Não há da parte de Bleakie a intenção de “fazer justiça”. Muito pelo contrário. Sua intenção é ganhar o caso e, com isso, notoriedade. As coisas começam a se complicar diante da postura do acusado e, principalmente, quando revelações insuspeitas envolvendo questões políticas aparecem. A Confissão é um filme denso e cheio de boas surpresas. Jones dirige com segurança uma história bem armada e conta ainda com um elenco extremamente eficiente. Quando isso acontece, não tem erro.  

A CONFISSÃO (The Confession – EUA 1999). Direção: David Hugh Jones. Elenco: Alec Baldwin, Ben Kingsley, Amy Irving, Jay O. Sanders, Kevin Conway, Richard Jenkins, Chris Noth Boyd Gaines. Duração: 114 minutos. Distribuição: Spectra Nova.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 29 de março de 2017

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software