UM MISTERIOSO ASSASSINATO EM MANHATTAN

Slider

O cineasta nova-iorquino Woody Allen é mais conhecido por suas comédias e seu humor peculiar. O ano de 1992 foi bastante tumultuado para o diretor, com o fim de seu relacionamento com a atriz Mia Farrow, após ela descobrir que ele tinha um caso com a própria enteada. Criou-se uma grande expectativa sobre o seu filme seguinte. Naquele ano ele lançou Maridos e Esposas, último trabalho que fez com Farrow. Surpreendendo todo mundo, Allen realiza em 1993 um filme de suspense, Um Misterioso Assassinato em Manhattan. Com roteiro escrito por ele próprio, junto com Marshall Brickman, a inspiração é Hitchcock. Porém, com a graça habitual do diretor. No melhor estilo Janela Indiscreta, tudo tem início a partir de uma suspeita de Carol (Diane Keaton), que desconfia que seu vizinho matou a mulher. Ela pede a ajuda de seu marido, Larry (Allen), e inicia uma atrapalhada investigação. O resultado final é primoroso e comprova que de todas as atrizes com quem Woody Allen trabalhou, a mais afinada com ele é mesmo Diane Keaton. Só o prazer de vê-los atuando juntos outra vez já vale a conferida. Além disso, o filme nos reserva outras boas surpresas. O velho Hitch deve ter ficado muito contente com a homenagem.

UM MISTERIOSO ASSASSINATO EM MANHATTAN (Manhattan Murder Mystery – EUA 1993). Direção: Woody Allen. Elenco: Woody Allen, Diane Keaton, Alan Alda, Anjelica Huston, Jerry Adler, Lynn Cohen, Ron Rifkin e Zach Braff. Duração: 104 minutos. Distribuição: Netflix.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 6 de outubro de 2017

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software