PROCURANDO DORY

Filme do dia, Slider

Quando a Pixar lançou Procurando Nemo, em 2003, a história parecia ter sido concluída. A verdade é que aquela história do Merlin e do Nemo, essa sim estava concluída. Outra personagem importante ainda tinha algo a contar. É esse o mote, treze anos depois, de Procurando Dory, o mais famoso peixe da espécie cirurgião-patela, ou Royal Blue Tang, em inglês. Novamente dirigido por Andrew Stanton, desta vez dividindo o trabalho com Angus MacLane. Angus foi um dos animadores do primeiro filme. O roteiro é de autoria do próprio Stanton, junto com Victoria Strouse. A trama começa pouco tempo depois da aventura do filme anterior e mostra a “esquecida” Dory tendo um lampejo de sua infância e de sua família. Isso a motiva a empreender uma aventura em busca de suas raízes. Procurando Dory segue, em certa medida, muito dos elementos que vimos em Nemo. E isso, em hipótese alguma é um demérito. Muito pelo contrário. A sensação que temos é de estarmos voltando pra casa. E como disse Dorothy, em O Mágico de Oz, não existe lugar igual.

PROCURANDO DORY (Finding Dory – EUA 2016). Direção: Andrew Stanton e Angus MacLane. Animação. Duração: 97 minutos. Distribuição: Buena Vista.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 22 de dezembro de 2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software