AS PATRICINHAS DE BEVERLY HILLS

Filme do dia, Slider

Quem poderia imaginar que uma das melhores adaptações do livro Emma, da escritora inglesa Jane Austen, fosse As Patricinhas de Beverly Hills? Apesar de sua diretora e roteirista, Amy Heckerling, não ter colocado esta informação nos créditos de abertura, a referência é feita no final. Aí vem a pergunta: uma trama que se passa na Inglaterra vitoriana funciona na Califórnia do presente? Neste caso, a resposta é: muito bem, obrigado! Cher (Alicia Silverstone) é jovem, rica, bonita, cheia de glamour e popularidade. E ela tem um propósito. Unir casais. Só que, em se tratando de amor, nem sempre a lógica prevalece. Aliás, cabe aqui um elogio ao título nacional, que é bem melhor que o original Clueless, algo como “sem rumo” ou, de acordo com as gírias do filme, “burro”. E gírias é o que não falta aqui. Todas elas bem engraçadas e criativas. As Patricinhas de Beverly Hills prova que é possível realizar uma comédia adolescente a partir de matéria-prima clássica sem ferir nossa inteligência. Em tempo: um ano após seu lançamento, o filme virou uma série de TV que teve três temporadas.

AS PATRICINHAS DE BEVERLY HILLS (Clueless – EUA 1995). Direção: Amy Heckerling. Elenco: Alicia Silverstone, Paul Rudd, Stacey Dash, Britanny Murphy, Dan Hedaya, Donald Faison, Breckin Meyer, Jeremy Sisto e Wallace Shawn. Duração: 97 minutos. Distribuição: Paramount.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 3 de setembro de 2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software