AS PRAIAS DE AGNÈS

Filme do dia

É sempre muito perigoso quando um diretor resolve fazer um documentário tendo ele próprio como objeto. Na maioria das vezes, o resultado se revela auto indulgente ou auto promocional. Não é o caso da cineasta francesa Agnès Varda. Diretora de aproximadamente 50 filmes, entre curtas, documentários e ficções, Varda visita seu passado e suas escolhas a partir de seu local preferido, a praia. Disse ela certa vez: “Se você abrir uma pessoa, irá achar paisagens. Se você me abrir, irá achar praias”. Não mais coerente então que este filme tenha o título que tem. As Praias de Agnès é profundo e preciso na análise que um artista faz da própria obra. Varda não deixa escapar nada e abre sua vida com coragem e faz revelações sobre suas influências e também sobre seu casamento com o também cineasta Jacques Demy. Os dois se conheceram e se apaixonaram em um festival de cinema. Varda não deixa de fora a Nouvelle Vague, importante movimento que surgiu na França quando ela começou sua carreira. As Praias de Varda fala dos amores da cineasta por seus amigos e familiares, pelo cinema e por sua vida.  

AS PRAIAS DE AGNÈS (Les Plages d’Agnès – França 2008). Direção: Agnès Varda. Documentário. Duração: 110 minutos. Distribuição: Bretz Filmes.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 29 de abril de 2015

Uma resposta para “AS PRAIAS DE AGNÈS”

  1. Após a leitura desse texto, fica a urgência em assistir o filme!… o quanto antes, a bem dizer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software