O SEGUNDO ROSTO

Filme do dia

Para quem sonhava se tornar jogador de tênis profissional, o americano John Frankenheimer terminou caindo nos braços do cinema. Ele começou sua carreira cinematográfica na televisão, em meados dos anos 1950. O sucesso não demorou a aparecer e se consolidou, principalmente, a partir de 1962, já fazendo filmes para cinema. Foi neste ano que ele dirigiu a primeira parte daquela que ficaria conhecida como a “trilogia da paranóia”. Primeiro veio Sob o Domínio do Mal. Depois, foi a vez de Sete Dias em Maio, de 1964. E fechando, este O Segundo Rosto, de 1966. O roteiro de Lewis John Carlino é uma adaptação do romance escrito por David Ely. Misto de ficção-científica e suspense, o filme é uma espécie de “avô” de A Outra Face, dirigido em 1997 por John Woo. Na trama, existe uma organização cuja atividade gira em torno de proporcionar uma nova vida, em todos os sentidos, a homens ricos que o queiram, independente das razões. Engenhoso e cheio de reviravoltas, O Segundo Rosto é aquele tipo de filme que não convém falar muito sobre ele. Afinal, assim como nos negócios, em alguns filmes, o segredo é alma do sucesso.

O SEGUNDO ROSTO (Seconds – EUA 1966). Direção: John Frankenheimer. Elenco: Rock Hudson, John Randolph, Will Geer, Jeff Corey, Murray Hamilton e Richard Anderson. Duração: 107 minutos. Distribuição: Lume.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 30 de abril de 2015

Uma resposta para “O SEGUNDO ROSTO”

  1. Adoro o título original deste filme. Igualmente a ideia de uma trilogia da paranóia. Ver os três, seguidamente, é um achado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software