OS BRUTOS TAMBÉM AMAM

Filme do dia

Filho de pai atores, o cineasta americano George Stevens cresceu em contato constante com o mundo das artes dramáticas. Apesar disso, não quis atuar. Começou carreira como roteirista e depois passou para a direção. Entre 1930 e 1970 dirigiu 57 filmes. Dentre eles, os três mais destacados de sua filmografia: Um Lugar ao Sol, de 1951; Assim Caminha a Humanidade, de 1956; e este Os Brutos Também Amam, de 1953. O roteiro de A.B. Guthrie e Jack Sher, se baseia no romance de Jack Schaefer e conta a história do misterioso pistoleiro Shane (Alan Ladd). Ele termina se envolvendo com a família do garoto Joey (Brandon De Wilde), que é aterrorizada por um rico criador de gado e seu matador de aluguel. Stevens realiza um faroeste clássico e trabalha com maestria todos os elementos que são caros ao gênero. Além de Ladd, no papel título, todo o elenco está perfeito. Porém, quem rouba a cena é o estreante Brandon De Wilde. Os Brutos Também Amam é uma obra marcante e de grande influência na História do Cinema e foi a principal inspiração de Clint Eastwood para o seu O Cavaleiro Solitário, realizado em 1985.  
OS BRUTOS TAMBÉM AMAM (Shane – EUA 1953). Direção: George Stevens. Elenco: Alan Ladd, Van Heflin, Jean Arthur, Brandon De Wilde, Ben Johnson, Edgar Buchanan, Jack Palance e Elisha Cook Jr. Duração: 117 minutos. Distribuição: Paramount.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 30 de abril de 2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software