TRÊS ENTERROS

Filme do dia

O ator Tommy Lee Jones, a exemplo de Clint Eastwood, criou no cinema o que poderíamos chamar de “tipo durão”. Seu rosto marcado, sua postura e tom de voz caem bem em papéis de policial ou vaqueiro. Estas características estão presentes na personagem de Pete Perkins, que ele interpreta no filme Três Enterros, sua estreia como diretor de cinema. A partir de um roteiro escrito por Guillermo Arriaga (Amores Brutos, 21 Gramas e Babel), estamos aqui diante de um western contemporâneo de narrativa fragmentada e não linear, como é comum nas obras do roteirista. A história se passa em uma região próxima à fronteira dos Estados Unidos com o México. Melquiades Estrada (Julio Cedillo) é o melhor amigo de Pete. Ele é morto por um patrulheiro e, como bem resume o título do filme, é enterrado três vezes neste road movie quixotesco. Lee Jones optou por um terreno conhecido em sua carreira para marcar seu primeiro trabalho na direção. E o que poderia resultar em uma “pisada na bola”, se revela um filme maduro e muito bem dirigido. Três Enterros, em momento algum, parece um trabalho de estreante. Lee Jones conduz sua trama com segurança e objetividade, demonstrando que é bom tanto diante como atrás da câmara. Duas curiosidades: o roteirista Guillermo Arriaga faz uma ponta (no papel de Juan) e a atriz January Jones (Lou Ann), apesar do sobrenome em comum, não tem relação alguma de parentesco com o ator/diretor.
TRÊS ENTERROS (The Three Burials of Melquiades Estrada – EUA/França 2005). Direção: Tommy Lee Jones. Elenco: Tommy Lee Jones, Barry Pepper, Julio Cedillo, Dwight Yoakam, January Jones, Melissa Leo, Levon Helm, Melvin Rodriguez, Cecilia Suarez e Ignacio Guadalupe. Duração: 121 minutos. Distribuição: Califórnia Filmes.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 28 de agosto de 2021

3 respostas para “TRÊS ENTERROS”

  1. Concordo com o Marden: não parece um filme de estreante.

  2. Jopz_B1B disse:

    Gostei bastante e até escrevi alguns comentários sobre o filme em 2006 como parte de uma discussão sobre originalidade no cinema, excesso de refilmagens, bla bla blá…

    E agora lendo seu texto eu percebo o quanto ele tem repetido esse tipo de personagem (policial durão)… OS FEDERAIS, O FUGITIVO, NO VALE DAS SOMBRAS, O HOMEM DA CASA, RISCO DUPLO, CAÇADO…

    http://b1brasil.blogspot.com.br/2010/09/cinema-cade-originalidade.html

    JOPZ

  3. Lana disse:

    Excelente filme com um ótimo elenco!! Muito boa atuação da talentosa atriz Cecilia Suarez assim como em Capadocia que mostra as histórias das presas em uma prisão no México que surgiu graças a interesses políticos e lutas de poder. Adoro o elenco. Mal posso esperar pela nova temporada!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software