CRASH: ESTRANHOS PRAZERES

Filme do dia

O cineasta canadense David Cronenberg é obcecado pelo corpo humano. Ele costuma aparecer, com maior ou menor destaque, em todos os seus filmes. Porém, em nenhuma outra obra sua, Cronenberg foi tão longe em sua obsessão. Crash: Estranhos Prazeres conta a história de James Ballard (James Spader), um homem que após sofrer um terrível e violento acidente de carro, termina por se envolver com um grupo de pessoas que cultiva um estranho prazer: unir o perigo da morte ao desejo sexual. O fetiche de seus componentes é reconstituir acidentes de carro sem respeitar norma alguma de segurança. Para eles, isso aumenta sobremaneira o clima erótico. O roteiro, escrito pelo próprio Cronenberg a partir do livro de J. G. Ballard, o mesmo autor de O Império do Sol, que virou filme dirigido por Steven Spielberg. Crash, não confundir com o homônimo de Paul Haggis, é forte e extremamente sensual. Não há aqui julgamento algum de valor. Isso não combina com o cinema de Cronenberg, um diretor afeito a tratar de temas considerados tabus. Sua câmara revela personagens que buscam desesperadamente extrair o prazer da dor. Não a dor espiritual, mas a dor física, sentida na pele e nos ossos.

CRASH: ESTRANHOS PRAZERES (Crash – Canadá/Inglaterra 1996). Direção: David Cronenberg. Elenco: James Spader, Holly Hunter, Elias Koteas, Deborah Kara Unger, Rosanna Arquette e Peter MacNeill. Duração: 100 minutos. Distribuição: Versátil.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 28 de agosto de 2021

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software