O DOCE AMANHÃ

Filme do dia

A morte não é um tema fácil de se lidar no cinema. A linha que separa o drama do “dramalhão” é muito tênue. O cineasta canadense Atom Egoyan adaptou o romance do escritor Russell Banks e dirigiu este tocante filme. Em O Doce Amanhã, acompanhamos em uma pequena cidade do interior do Canadá, um acidente envolvendo um ônibus escolar. Vinte crianças morrem na tragédia. Um advogado, Mitchell Stephens (vivido pelo ator Ian Holm), visita as famílias enlutadas para tentar convencê-los a pedir uma indenização pelo acidente. O contato com os pais das vítimas faz com que o advogado encare um drama pessoal: o vício da filha em drogas. Aos poucos, ele descobre pequenos segredos daquelas pessoas e entende melhor a dor da perda que elas enfrentam. Egoyan (que nasceu no Egito filho de pais armênios e foi criado no Canadá), trata o tema com extrema delicadeza e não utiliza recursos fáceis para comover o espectador. O drama vivido pelas famílias já é dramático o suficiente e o diretor se limita a acompanhá-lo filtrando tudo através do olhar do advogado. Com interpretações poderosas de todo o elenco, O Doce Amanhã  é uma pequena jóia perdida nas locadoras.
O DOCE AMANHÃ (The Sweet Hereafter – Canadá 1997). Direção: Atom Egoyan. Elenco: Ian Holm, Sarah Polley, Caerthan Banks, Tom McCamus, Gabrielle Rose, Maury Chaykin, Bruce Greenwood e David Hemblen. Duração: 112 minutos. Distribuição: LW Editora.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 28 de agosto de 2021

2 respostas para “O DOCE AMANHÔ

  1. Tens toda razão, Marden: “é uma pequena jóia perdida nas locadoras”. Espero que os leitores voltem a encontrá-la.

  2. Anonymous disse:

    Olá Marden,

    Sou leitor do Cinema com Marden Machado e sou cinéfilo de carteirinha. Eu estou mandando esse email porque estou trabalhando numa empresa que desenvolveu um portal sobre cinema – o Cinema Total (www.cinematotal.com). Um dos atrativos do site é que você cria uma página dentro do site, podendo escrever textos de blog e críticas de filmes. Então, gostaria de sugerir que você também passasse a publicar seus textos no Cinema Total – assim você também atinge o público que acessa o Cinema Total e não conhece o Cinema com Marden Machado.

    Se você gostar do site, também peço que coloque um link para ele no Cinema com Marden Machado, na seção “Links”.

    Se você quiser, me mande um email quando criar sua conta que eu verifico se está tudo ok.

    Um abraço,

    Marcos
    http://www.cinematotal.com
    marcos@cinematotal.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software