O JARDINEIRO FIEL

Filme do dia

Depois do sucesso internacional de Cidade de Deus era natural que o brasileiro Fernando Meirelles fosse convidado para dirigir um filme no exterior. Muitos convites foram recusados. Inclusive para dirigir um 007. Meirelles, sabiamente, optou por um projeto menor, mais ousado e que lhe desse mais liberdade de ação. Daí seu envolvimento com O Jardineiro Fiel, adaptado do livro de John Le Carré, para muitos, uma obra difícil de ser filmada. O próprio autor pensava assim, até assistir ao filme pronto. Na trama, Justin Quayle (Ralph Fiennes) trabalha para o governo inglês e é transferido para o Quênia. Ele viaja com sua esposa, Tessa (Rachel Weizs) que, pouco tempo depois, é encontrada morta. As investigações preliminares apontam para um crime passional. Porém, Quayle inicia sua própria investigação e descobre segredos e armações que envolvem governos e a indústria farmacêutica na África. A câmara de Meirelles continua inquieta e não pára um minuto. Ela mostra todos os detalhes do que aparece em cena. Além disso, uma precisa construção da vida e das motivações das personagens deixa tudo completo. A partir daí, o envolvimento é total. O Jardineiro Fiel é, antes de mais nada, uma bela história de amor.
O JARDINEIRO FIEL (The Constant Gardener – Inglaterra/Alemanha 2005). Direção: Fernando Meirelles. Elenco: Ralph Fiennes, Rachel Weisz, Hubert Kounde, Danny Huston, Daniele Harford, Packson Ngugi, Damaris Itenyo Agweyu, Bernard Otieno Oduor, Gerard McSorley e Bill Nighy. Duração: 128 minutos. Distribuição: Universal.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 28 de agosto de 2021

2 respostas para “O JARDINEIRO FIEL”

  1. Dos filmes dirigidos pelo Meirelles, este é o meu preferido. Considero absolutamente extraordinário! Um elenco fabuloso, em todas as personagens. Gosto imenso do guri dizendo “Dah…!” para o pai inglês sobre uma indagação se ele conseguiria abrir um arquivo de computador, em Londres – ao lado de Justin.

  2. Jopz_B1B disse:

    Foi só depois de ver esse filme que comecei a gostar da Rachel Weiss (até então marcada pela “MUMIA”).

    jopz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software