EXPRESSO PARA O INFERNO

Filme do dia

De todos os meios de transporte, o trem é, seguramente, o mais cinematográfico. Os irmãos Lumière já sabiam disso, inconscientemente, quando filmaram a chegada de um deles chegando na estação. Ao longo da história do cinema, muitos filmes tiveram trens como cenário ou como personagem. É o caso deste Expresso Para o Inferno, dirigido em 1985 pelo russo Andrei Konchalovsky. Cineasta que iniciou sua carreira em meados dos anos 1960, como assistente de Andrei Tarkovski. Paralelo a isso, dirigiu alguns curtas e ganhou reconhecimento internacional em 1984 com Os Amantes de Maria. O roteiro de Expresso Para o Inferno foi escrito por Djordje Milicevic, Paul Zindel e Edward Bunker, a partir de um outro roteiro desenvolvido pelo japonês Akira Kurosawa. A ação tem início quando dois fugitivos, Manny (Jon Voight) e Buck (Eric Roberts), se encondem em um dos vagões. As coisas se complicam quando o maquinista sofre um ataque cardíaco e os dois precisam controlar o trem em alta velocidade e completamente desgovernado. Konchalovsky extrai toda a tensão que a situação exige e nos deixa ligados em tudo o que acontece. E, depois de algum tempo, sem unhas para roer.

EXPRESSO PARA O INFERNO (Runaway Train – EUA 1985). Direção: Andrei Konchalovsky. Elenco: Jon Voight, Eric Roberts, Rebecca De Mornay, Kyle T. Heffner, Kenneth McMillan e Edward Bunker. Duração: 111 minutos. Distribuição: Cinemagia.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 29 de abril de 2015

Uma resposta para “EXPRESSO PARA O INFERNO”

  1. Como seria possível, para um amante do cinema, perder um filme realizado por um de assistente do Mestre Andrei Tarkovsky?… impossível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software